Tempestades e Tufões

E a sua irmã, ela ta boa? Me perguntaram um dia desses. Deve estar, disse eu, não falo com ela fazem quase 2 semanas.

Essa e apenas uma amostra de como esta a minha vida por aqui: acordo,como  e vejo o tempo passar.

Sempre disse a todos  que sou uma pessoa anti-social no que diz respeito a internet e sites de relacionamento em geral entre eles orkut,facebook e afins e por isso,  peço imensas desculpas a todos aqueles que mandam e-mails e querem manter contato comigo mas eu simplesmente estou meio que  fora do ar se e’ que me entendem.

Eu nem sei se elas vão ler isso mas Kris e Tamys peço de coração que me perdoem e feliz aniversario , muito atrasado pra uma e atrasado pra outra, porque voces merecem e me perdoem por nao ser AQUELA amiga , eu estou com a cara queimando de tanta vergonha…

Eu so sei que agora estou na fase de  olhar pro nada e lembrar de certas situações as quais eu vivi com os meus amigos, parentes entre outros.

O Pedro, um amigo meu portugues/angolano disse que a gente sente falta nao são das pessoas, nem dos lugares  mas sim de todas as situações e circuntancias as quais passamos e vivemos com essas pessoas e nesses lugares. Eu apenas acho que e um conjunto de tudo.

Lembro do bolo de cenoura da minha tia Maria no Natal com todos nos, os netos juntos,

quando o FeIO chegava na porta do meu quarto as 9 da noite e me perguntava se eu nao queria ir ao cinema com ele

ou quando o Lucas e o Marcelaum apareciam no portao da casa do meu pai berrando o meu nome na hora do almoco,

ou quem sabe quando eu dizia pra Vanessa que ela era adotada porque ela era loira e eu meu pai e minha mãe moreno,

eu, Kelen e Kris montando o nosso harem asiatico particular ….

Sinto falta de todos desses momentos  mas eu  sei que outros maravilhosos tambem acontecerão como vem acontecendo, acredito que seja bom isso,dar mais valor a tudo….(isso e O cliche)

Acho que e isso.

Beijos e saudades  de todos

Vivian

PS:Sem acentos, eu AINDA nao sei como lidar com o PC novo…

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Purple Rain

Olá pessoas,

muito se passou desde meu último post. A preguiça bateu e ficou e foi necessário pessoas (vide a dupla KK= Kelen+ Kris)pra eu voltar a escrever aqui de novo.

Pois então nesse meio tempo o que aconteceu entre a mais importante é que o meu pc quebrou MUITO bonito, fiz amigos maravilhosos e não me lembro mais o que posso colocar aqui.Ah sim! Fui a HK.

Enfim, são tantas coisas que aconteceram que não dá pra colocar tudo aqui então, vou mudar pra algo que eu sei que todo mundo gosta MÚSICA. Pois então,eu adoro anos 80.Sou brega eu sei.Mas como diz o meu caro amigo Fernando Santana …quem és tu criatura pra me julgar??Enfim…retomemos ao assunto…

Quando eu era uma adolescente bobinha e sem graça eu assisti Romeu + Julieta e achei não somente o Leonardo Dicaprio lindo mas também a trilha sonora.Em especial uma musica ficou na minha cabeça( não, não e tal da Lovefool e sim When doves cry) mas eu não sabia quem era o cantor até que o wikipedia deu a luz e pronto!Descobri…algo mais especificamente alguém fantástico.

O nome dessa pessoa é Prince.Sim meu povo, ele mesmo! A pessoa que se veste de purple  que dança, canta, e toca 27 instrumentos.Simplesmente fantástico!

Sei que muita gente o conhece e que eu peguei o bonde andando ou cheguei muito atrasada na fila mas eu realmente acho ele incrível.Tanto ele e o Michael Jackson fizeram sucesso mais ou menos na mesma época (84)  o que acredito que acabou ofuscando o Prince de alguma pois foi nessa época que foi lançado o Thriller.Ambos são e foram cantores maravilhosos e dançarinos fantásticos contudo,em minha humilde opinião o Prince tem algo que o Michael não tinha e o que de certa forma fazia que todas as mulheres se sentissem atraídas por ele magnetismo sexual e uma postura de cool guy.

É possível notar claramente  que ambos os estilos de música são bem diferentes  as do Prince tem aquele toque de sintetizador que da vontade de dançar, sem contar as letras das músicas como em Let´s go crazy que não tem como não ficar alegre ou animado…If you don’t like the world you’re living in,take a look around you, at least you got friends…

Assisti o filme com o mesmo nome e digo a voces que pular de uma caixa de som com mais de 2 metros de altura com botas de salto auto não é pra qualquer um.O mais bonito disso tudo é que hoje aos seus 52 anos ele não mudou nada!Continua a mesma coisa e tem a mesma cara!E o mesmo olhar.

Desculpem esse post ser do Prince mais é que faz mais de 1 mes que ele é o meu maior companheiro sabem? E vai comigo a todos os lugares.No próximo post eu vou falar sobre uma conferencia China- Africa que teve na universidade e que foi  super bacana e mais sobre mim por aqui.

Beijos a todos e saudades,

Vivian

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

O tempo passa, o tempo…

Pois é, 2 meses em Macau… uau!!

As coisas por aqui andam bem corridas.A faculdade daqui deu pra mudar o sistema esse semestre  e 1 matéria é dada em 1 mes, isso mesmo é intensivão.

Faço RI  e sou filha da PUC Minas, estou acostumada com bibliografia descente e professores bons (tudo bem nem todos) mas aqui…aqui….Jesus que bagunça!!Tudo bem que estou fazendo business mas as vezes eu tenho vontade de gritar!!Não vou dizer que meus professores não são bons e que não estou aprendendo  pelo contrário, mas acho que estou tão arraizada no sistema PUC que deve ser por isso.

Por aqui tudo é  em grupo, e é esse o grande problema!! Os alunos não se interessam em tirar altas notas e nem se empenhar pra isso, o que torna a experiencia deprimente.As vezes sinto pena dos professores que parecem falar com as paredes e fico sem graça de falar o tempo todo e a gente (os estrangeiros) nos sentimos como se fossemos a  esperança dos professores.

Nas duas matérias que estou fazendo ( são 7 esse semestre) tenho que fazer projetos finais em ambas .De um lado tenho um grupo que se empenha,parcialmente, e que pelo menos sabe o que o trabalho está pedindo.De outro,um grupo de gente que não sabe de nada e muito menos tem interesse,e olha que estão pra se formarem, esses eu tenho vontade de…

Não entendam mal, não é que eles sejam burros pelo contrário.Quero ver um brasileiro trabalhar que nem eles!Não tem sabado nem domigo, as lojas ficam abertas até as 23 horas e eles  constroem um prédio gigante em 3 meses!!.O problema é que o raciocínio deles é lento e limitado, o que faz com que tudo seja decorado.Não sabem do mundo que o cercam e carecem de conhecimento desse mundo e coisas obvias pra mim são novidades pra eles.

Apesar dos pesares meus coleguinhas de classe são uns amores e zoam demais da minha cara, principalmente os do meu grupo que ja pegaram intimidade.Me tratam bem e até me tocam!! mas vejam bem, coleguinhas coleguinhas, trabalhinhos a parte.

Deixando  a dor de cabeça com a faculdade o planejamento pra Páscoa  está indo de vento em popa, 6 dias em Hong Kong com direito a guias particulares e que foram uns amores de fazer todo o itinerário pra mim eeeeeeeeeeeeeee!!!!!!!!!!!!!!!!! Tudo isso graças a Janet,Sophia e Wrincle!!Uhulll disneylandia aí vou eu!!!

Bom, vou ficando por aqui e com muitas saudades de todos!

Beijos enormes!!

Vivian

Sem fotos dessa vez…

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Primeiras Impressões

Um tempo razoável se passou desde o ultimo post e nesse meio tempo muita coisa aconteceu.Fui a China fazer compras (acabei comprando apenas um cinto), a Taninha foi embora (snif) e as aulas começaram depois de passar um mes sem muitas fortes emoções.

A faculdade é pequena mas aconchegante, todos se conhecem e achei isso o máximo!Conheci o reitor pessoalmente(tão diferente da PUC em que para nós meros mortais ele é um ser sobrenatural) os professores são super gente fina em sua grande maioria e os alunos, bem, os alunos não fedem nem cheiram, mas me tratam bem.

Entre esses alunos que não fedem e nem cheiram fiz amigos novos e em grande maioria africanos, tem a irmã Maria que é da Etiópia e o Sola e a Jaelle que são da Nigéria,esses dois  me ajudaram e muito dentro da sala de aula.Tem a Amy e a Stela(elas são de Macau) que são duas meninas que trabalham na secretaria e são muito prestativas e o Will na aula de Global Marketing que também é super fofo.

As aulas comparadas com o Brasil são lentas, muito lentas.O raciocínio do povo daqui é devagar quase parando e as vezes tenho pena dos professores, parecem que dão aulas para as paredes.Tem um professor aqui  que faz com que um certo professor que tive no Brasil seja considerado o mais perfeito do mundo!Ele passa a atividade cheia de conceitos sem dar bibliografia!!

Além disso, a curiosidade abateu-se sobre o povo daqui, me perguntaram se sei sambar, se meu cabelo é natural e como são as aulas no Brasil (não pude mentir tive que falar a verdade) contudo, posso resaltar que o enfoque das aulas aqui é diferente, não sei bem ainda, mas com o tempo…

Continuam comentando, nem se for 1 linha, ou o famoso estive por aqui, a intenção é que vale!

Beijos a todos!

Aé cansei de comer comida chinesa por isso vivo a base de pão agora.

Fui ao supermercado e encontrei o Jackie Chan

5 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Sorrisos fazem toda a diferença!

Estou cada vez mais empolgada com esse blog, ele a cada dia está mais frenquentado!Agradeço de coração aqueles que vieram e deram suas contribuições e continuem meu povo!

Bom, recebi um e-mail da Tamys muito peculiar sobre como os russos enxergam o Brasil então pra fazer um gancho vou dizer como os brasileiros, estrangeiros em geral são tratados aqui em Macau.

Apesar daqui ser uma das áreas mais internacionais da China por causa dos cassinos ,pelo fato de Macau ter pertencido a Portugal e ter muitos turistas achei que a coisa fosse menos pior, mas me enganei.

É notável a influencia dos portugueses por aqui, as ruas possuem seus nomes escrito em portugues, há vários portugueses por aqui, restaurantes  mas é só.

E não vou negar que a cidade é  multicultural,pessoas de várias partes do mundo moram aqui e pude  conhecer alemães,australianos(lembro da Carol sempre) ,chilenos que falam um portenglish (inventei é uma mistura de portugues, ingles e espanhol)  entre outros mas a maior parte dos moradores são chineses que  falam cantones que é mais dificil que mandarim.

E eles não gostam de estrangeiros, pelo menos não fazem a mínima questão.Na verdade eles gostam do estrangeiro sim, quando eles não sabem de algo: aprendem com o estrangeiro e depois dizem obrigado.Mas é o seguinte, nota-se também porque eles não gostam muito do que é de fora, a maioria são europeus de nariz em pé que não tentam ao mínimo serem simpáticos com a população.

Quando cheguei aqui perguntei a Tania como as brasileiras são tratadas, quando fiz a pergunta não vou mentir, achei que seria algo lisonjeiro outro engano meu, ela me disse que quando me perguntarem de onde sou é pra dizer: “Sou do Brasil mas vim pra estudar”. Aqui tem muitas brasileiras algumas vem pra dançar, outras pra ” dançar” se é que me entendem.

Apesar deles não serem muito favoráveis a Lowais (estrangeiros em chines), não tem nada que um velho e bom sorriso não resolva.Apesar de muitas vezes ser vista como a coisa mais diferente do mundo, o que me diverte muito, sempre trato isso com naturalidade e sempre SORRIO.Acho que é a palavra/ação certa que sempre desarma qualquer um e ao contrário do que muita gente pensa, de que não se deve ficar mostrando as canjicas por aí, por aqui tem dado ótimos resultados!

Tem uma pessoa que eu queria falar aqui é a  Sophia, ela é minha vizinha de Hong Kong e é muito engraçada na maneira dela claro e nos damos super bem, principalmente quando falamos das nossas novelas  dos atores e cantores asiáticos aí ficamos horas!!O pessoa pra gostar de McDonalds!!

Amores vou ficando por aqui!

Beijos e morro de saudades de todos!

Eu e Sophia no Largo do Senado.

Eu e Sophia no Largo do Senado.

7 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Cheiros e Especiarias das Índias Orientais.

A  todos os amigos do Brasil e do mundo meu muito obrigada pela preocupação e saibam que estou muito bem obrigada!

Além disso, desculpem pela minha grosseria de não responder recardos de orkut e essas coisas mas eu prometo que vou responder!

Bem,fazem  uns 3 dias que eu achei uma receita de risoto de camarão  e desde então me dava água na boca só de lembrar,e como os ingredientes são fáceis de se conseguir sai por Macau a fora  para comprá-los.

Ao contrário do que muita gente pensa não vivo de McDonalds (imaginem hamburguer de camarão e temum  outro que é de peixe com molho de wasabi, são muito bons!!)e nem Starbucks,mas  me dou ao luxo de desde que cheguei almoçar em restaurantes (chineses claro!) e até dias atrás não tinha repetido nem mesmo 1 prato sequer!Mas apesar da minha incursão pela culinária chinesa, ainda não comi nenhum escorpião.(que pena!)

Os ingredientes  são bem frescos e pode-se dizer que aqui é um mercado central a céu aberto e que bicho fresco é o vivo!

Na minha romaria para comprar os ingredientes fui em um monte de mercadinhos que vendem tempeiros exóticos  e no mercado Santo Domingos que se encontra de tudo lá (frutas, verduras, peixes vivos que eles matam na hora…)depois, fui a um supermercado que fica perto daqui de casa e passei por uma situação peculiar mas  muito engraçada.

Estavam mãe e filha trabalhando no setor de frios do supermercado eu queria camarão e  não sei porque nem porque começamos a falar sobre o  camarão,mas do nada  passamos para aulas básicas de ingles e acabamos caindo na risada porque não falavamos lingua nenhuma mas mesmo assim conseguimos nos comunicar(entendi que a menina não queria aprender ingles e a mãe da pobre queria porque queria que ela soubesse alguma coisa).

É uma delícia fazer compras aqui e é tudo colorido e em conta (vou comer camarão até!!!!!!!!!!) sem contar as padariazinhas super charmosas com pães e bolos que só de ver da água na boca, parecem até de brinquedo!Apesar disso tudo  sinto falta da nossa boa e velha combinação de  arroz com feijão.

Vou ficando por aqui,falar de comida está me dando fome!

Estou com saudades de todos vice?

Beijos!

Heaven!!

7 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Porque nem tudo fica na cabeça.

Porque como nem tudo fica na cabeça, cabe então ao coração lembrar do resto.

Mas como  quero  compartilhar tanto com aqueles que me querem bem ou não as minhas experiências sendo elas  aqui na China como em qualquer lugar do mundo, crio esse blog.

De início servirá como um diário de viagem depois, só o tempo dirá….

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized